quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Chamada ao Arrependimento (Joel 2, 12-18)

12 “Agora, porém”, declara o Senhor,
“voltem-se para mim
de todo o coração,
com jejum, lamento e pranto.”


13 Rasguem o coração, e não as vestes.
Voltem-se para o Senhor,
o seu Deus,
pois ele é misericordioso e compassivo,
muito paciente e cheio de amor;
arrepende-se, e não envia a desgraça.
14 Talvez ele volte atrás, arrependa-se,
e ao passar deixe uma bênção.
Assim vocês poderão fazer
ofertas de cereal
e ofertas derramadas
para o Senhor, o seu Deus.


15 Toquem a trombeta em Sião,
decretem jejum santo,
convoquem uma assembléia sagrada.
16 Reúnam o povo,
consagrem a assembléia;
ajuntem os anciãos,
reúnam as crianças,
mesmo as que mamam no peito.
Até os recém-casados
devem deixar os seus aposentos.
17 Que os sacerdotes,
que ministram perante o Senhor,
chorem entre o pórtico do templo
e o altar, orando:
“Poupa o teu povo, Senhor.
Não faças da tua herança
objeto de zombaria
e de chacota entre as nações.
Por que se haveria de dizer
entre os povos:
‘Onde está o Deus deles?’”


Nenhum comentário:

Postar um comentário