sábado, 7 de março de 2015

Apascentai o vosso povo com a vossa vara, o rebanho da vossa herança, Miqueias 7,14-15.18-20.

Apascentai o vosso povo com a vossa vara, o rebanho da vossa herança, que vive isolado na selva, no meio de uma terra frutífera, para que volte a apascentar-se em Basã e Galaad, 
como nos dias de outrora; mostrai-nos prodígios, como nos dias em que saístes da terra do Egipto. 
Qual é o deus semelhante a Vós que perdoa o pecado e absolve a culpa deste resto da vossa herança? Não guarda para sempre a sua ira, porque prefere a misericórdia. 
Ele voltará a ter piedade de nós, pisará aos pés as nossas faltas, lançará para o fundo do mar todos os nossos pecados. 
Mostrai a Jacob a vossa fidelidade e a Abraão a vossa misericórdia, como jurastes aos nossos pais, desde os tempos antigos. 



Livro de Salmos 103(102),1-2.3-4.9-10.11-12. 

Bendiz, ó minha alma, o Senhor 
e todo o meu ser bendiga o seu nome santo. 
Bendiz, ó minha alma, o Senhor 
e não esqueças nenhum dos seus benefícios. 

Ele perdoa todos os teus pecados 
e cura as tuas enfermidades. 
Salva da morte a tua vida 
e coroa-te de graça e misericórdia. 

Não está sempre a repreender 
nem guarda ressentimento. 
Não nos tratou segundo os nossos pecados 
nem nos castigou segundo as nossas culpas. 

Como a distância da terra aos céus, 
assim é grande a sua misericórdia para os que O temem. 
Como o Oriente dista do Ocidente, 
assim Ele afasta de nós os nossos pecados. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário