quarta-feira, 11 de março de 2015

Evangelho comentou, «Para que se cumprisse a Escritura» Mateus 5,17-19.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim revogar, mas completar. 
Em verdade vos digo: Antes que passem o céu e a terra, não passará da Lei a mais pequena letra ou o mais pequeno sinal, sem que tudo se cumpra. 
Portanto, se alguém transgredir um só destes mandamentos, por mais pequenos que sejam, e ensinar assim aos homens, será o menor no reino dos Céus. Mas aquele que os praticar e ensinar será grande no reino dos Céus». 

«Para que se cumprisse a Escritura» (Jo 19,28)
Evangelho comentou


«Não vim revogar a Lei, mas levá-la à perfeição.» […] Nesse tempo, com efeito, o Senhor exerceu o seu poder para realizar na sua pessoa todos os mistérios que a Lei anunciava a seu respeito. Porque na sua Paixão levou a cabo todas as profecias. Quando Lhe ofereceram, segundo a profecia de David (Sl 68,22), uma esponja embebida em vinagre para Lhe acalmar a sede, aceitou-a dizendo: «Tudo está consumado.» E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito (Jo 19,30).

Não só realizou pessoalmente tudo o que dissera, como nos confiou os seus mandamentos para que os puséssemos em prática. E, enquanto os antigos não haviam podido observar os mandamentos mais elementares da Lei (Act 15,10), Ele mandou-nos cumprir os mais difíceis, por meio da graça e do poder que vêm da cruz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário