domingo, 17 de maio de 2015

A sabedoria insondável de Deus


Ó profundidade da riqueza
    da sabedoria
    e do conhecimento de Deus!
Quão insondáveis são
    os seus juízos
e inescrutáveis
    os seus caminhos!
 “Quem conheceu a mente
    do Senhor?
Ou quem foi seu conselheiro?”
 “Quem primeiro lhe deu,
    para que ele o recompense?”

Pois dele, por ele e para ele são todas as coisas.

A ele seja a glória
    para sempre! Amém.




Sacrifícios Vivos

12 Portanto, irmãos, rogo-lhes pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês.Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
Por isso, pela graça que me foi dada digo a todos vocês: Ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, ao contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu. Assim como cada um de nós tem um corpo com muitos membros e esses membros não exercem todos a mesma função, assim também em Cristo nós, que somos muitos, formamos um corpo, e cada membro está ligado a todos os outros. Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Se alguém tem o dom de profetizar, use-o na proporção da[c] sua fé.Se o seu dom é servir, sirva; se é ensinar, ensine; se é dar ânimo, que assim faça; se é contribuir, que contribua generosamente; se é exercer liderança, que a exerça com zelo; se é mostrar misericórdia, que o faça com alegria.



Nenhum comentário:

Postar um comentário