quinta-feira, 4 de junho de 2015

A Oração de Davi (1 Crônicas 29,10-20)



10 Davi louvou o Senhor na presença de toda a assembléia, dizendo:
“Bendito sejas, ó Senhor,
    Deus de Israel, nosso pai,
de eternidade a eternidade.
11 Teus, ó Senhor,
    são a grandeza, o poder,
    a glória, a majestade e o esplendor,
pois tudo o que há
    nos céus e na terra é teu.
Teu, ó Senhor, é o reino;
tu estás acima de tudo.
12 A riqueza e a honra vêm de ti;
tu dominas sobre todas as coisas.
Nas tuas mãos estão a força e o poder
    para exaltar e dar força a todos.
13 Agora, nosso Deus, damos-te graças,
e louvamos o teu glorioso nome.
14 “Mas quem sou eu, e quem é o meu povo para que pudéssemos contribuir tão generosamente como fizemos? Tudo vem de ti, e nós apenas te demos o que vem das tuas mãos. 15 Diante de ti somos estrangeiros e forasteiros, como os nossos antepassados. Os nossos dias na terra são como uma sombra, sem esperança. 16 Ó Senhor, nosso Deus, toda essa riqueza que ofertamos para construir um templo em honra ao teu santo nome vem das tuas mãos, e toda ela pertence a ti. 17 Sei, ó meu Deus, que sondas o coração e que te agradas com a integridade. Tudo o que dei foi espontaneamente e com integridade de coração. E agora vi com alegria com quanta disposição o teu povo, que aqui está, tem contribuído. 18 Ó Senhor, Deus de nossos antepassados Abraão, Isaque e Israel, conserva para sempre este desejo no coração de teu povo, e mantém o coração deles leal a ti. 19 E dá ao meu filho Salomão um coração íntegro para obedecer aos teus mandamentos, aos teus preceitos e aos teus decretos, a fim de construir este templo para o qual fiz os preparativos necessários”.
20 Então Davi disse a toda a assembléia: “Louvem o Senhor, o seu Deus”. E todos eles louvaram o Senhor, o Deus dos seus antepassados, inclinando-se e prostrando-se diante do Senhor e diante do rei.





Nenhum comentário:

Postar um comentário